MCTESTP desafia AMPETIC a criar oportunidades de negocio

O Ministério da Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Técnico Profissional (MCTESTP) desafia a Associação Moçambicana de Profissionais e Empresas de Tecnologias de Informação (AMPETIC) a  Apoiar a criação e o desenvolvimento de oportunidades de negócio para a Indústria Moçambicana de Tecnologias de Informação.

Discursando por ocasião da Cerimónia de Tomada de Posse dos Órgãos Sociais da Associação Moçambicana de Profissionais e Empresas de Tecnologias de Informação (AMPETIC), o Secretario Permanente do MCTESTP, Celso Laíce, destacou a necessidade de  a associação propor às autoridades competentes medidas legislativas, regulamentares ou de qualquer outra natureza de interesse para o desenvolvimento da Indústria Moçambicana de Tecnologias de Informação, bem como a  capacitação de recursos humanos para a Indústria Moçambicana de Tecnologias de Informação.

"Congratulamo-nos, como pelouro governamental que superintende a área da Ciência e Tecnologia, em saber que a Associação Moçambicana de Profissionais e Empresas de Tecnologias de Informação (AMPETIC), possui, entre outros, o mandato estatutário de melhorar o ambiente de mercados e, promover o uso das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) de forma mais sustentável e disponíveis aos cidadãos", salientou.

Como avança Laíce, as tendências actuais das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) caracterizam-se pelo desenvolvimento tecnológico que potencia a colheita, processamento, partilha e disseminação de informação com impacto na vida do nosso povo em áreas tão diversas, como sejam, a agricultura, a saúde, a educação, o turismo, os transportes, a economia e finanças, entre outras.

Com efeito, as Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) possuem um enorme potencial de viabilizar, em tempo útil, com eficiência e eficácia, o acesso à informação por parte da sociedade, constituindo-se em plataformas de eleição para melhorar a interacção entre os cidadãos, entre os cidadãos e o Governo, bem como entre os cidadãos e o sector privado no contexto da prestação de serviços, bem como de participação de todos os segmentos sociais nos processos de governação.

Num outro desenvolvimento, Celso Laíce, exortou a associação a contribuir para a operacionalização harmoniosa da Lei das Transacções Electrónicas, Lei no. 3/2017, de 9 de Janeiro, dispositivo que estabelece os princípios, normas gerais e, o regime jurídico das transacções electrónicas em geral, do comércio electrónico e do governo electrónico em particular, visando garantir a protecção e utilização das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) no país;

Na ocasião Laíce instou a AMPETIC a promoverem as TIC como catalisadoras fundamentais e indispensáveis para o alcance dos Objectivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) 2030, dado o seu carácter transversal e multiplicador;

Importa frisar, que a promoção do desenvolvimento económico, da integração social e da protecção do meio ambiente, enquanto pilares do desenvolvimento sustentável, necessitam incontornavelmente do uso das TIC, daí a presença das TIC nos 17 ODS 2030.

 

Sobre Nós

Natureza: O Ministério da Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Técnico-Profissional (MCTESTP) é o órgão central do Aparelho do Estado que, de acordo com os princípios, objectivos, políticas e planos definidos pelo governo, dirige, planifica e coordena as actividades no âmbito da Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Técnico-Profissional. Foi criado pelo Decreto Presidencial n.º 1/2015, de 16 de Janeiro.

Visão : Formular políticas para o desenvolvimento integrado, articulado e qualitativo da Ciência e Tecnologia, dos Ensinos Superior e Técnico-Profissional, com vista à indução do crescimento e desenvolvimento socioeconómico de Moçambique.

Missão: Promover a oferta de soluções científicas e tecnológicas aos cidadãos nas áreas estratégicas de desenvolvimento definidas nos programas do Governo de Moçambique, aliado à promoção do acesso, expansão e garantia de qualidade de ensino nos níveis de Ensino Técnico-Profissional e Superior em Moçambique.