Ministro Nhambiu enaltece o papel do INTIC

O Ministro da Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Técnico Profissional, Jorge Nhambiu, enaltece o papel do Instituto Nacional de Tecnologias de Informação e Comunicação (INTIC) pelos esforços que tem empreendido no desígnio de construção de uma sociedade baseada nos alicerces da informação e, no poder desta para que Sociedade moçambicana tome as melhores decisões rumo ao desenvolvimento socioeconómico.

 

 O Ministro que falava quinta-feira (24/08/2017), em Maputo, durante a cerimónia de abertura do IV Conselho Consultivo do Instituto Nacional de Tecnologias de Informação e Comunicação (INTIC).

Com duração de dois dias, a reunião constitui espaço para reflectir sobre os objectivos e as metas alcançadas durante o meio-termo do presente ciclo de governação, o Quinquénio 2015-2019, bem como revisitar as estratégias, metodologias, mecanismos e técnicas para a melhor realização das suas actividades nas novas atribuições de Regulador do sector das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC).

Segundo o Ministro, a velocidade com que se vêem exigindo os serviços informatizados em Moçambique e a forma como as comunidades aderem serviços aos mesmos, são indicadores claros de que as Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) são ferramentas transversais indutoras do crescimento e desenvolvimento socioeconómico, o que exige maior celeridade e arrojo no investimento financeiro, humano e patrimonial, de modo a continuarmos na senda do avanço e desenvolvimento tecnológico na região.

Num outro desenvolvimento, o ministro  referiu  que a Lei de Transacções Electrónicas, promulgada em Janeiro do ano em curso, confere ao Instituto Nacional de Tecnologias de Informação e Comunicação (INTIC) novas atribuições, novo horizonte e novos desafios.

 

Como explica o dirigente desde a aprovação da Política de Informática há dezassete anos, o país tem estado a sinalizar, ao nível mais alto, a importância e singularidade que o Governo presta e espera das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC), pelo que há uma maior expectativa da actuação e da afirmação do Instituto Nacional de Tecnologias de Informação e Comunicação (INTIC) nas novas atribuições de Regulador.

 

Não é por acaso, que o lema do presente Conselho Consultivo intitula-se Promovendo a Regulação das Tecnologias de Informação e Comunicação para a Massificação da Sociedade de Informação”, uma mensagem simbólica, porém, determinante para o nosso país, como fundamento de integração tecnológica de Moçambique no concerto das nações que empreendem acções concretas na utilização das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) como força motriz imprescindível para o desenvolvimento”, disse o ministro.

Importa referir que ao abrigo da Lei nº 03/2017, de 09 de Janeiro, Lei de Transacções Electrónicas, o INTIC passa a assumir apenas a actividade de reguladora, deixando se ser implementadora.

 

Sobre Nós

Natureza: O Ministério da Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Técnico-Profissional (MCTESTP) é o órgão central do Aparelho do Estado que, de acordo com os princípios, objectivos, políticas e planos definidos pelo governo, dirige, planifica e coordena as actividades no âmbito da Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Técnico-Profissional. Foi criado pelo Decreto Presidencial n.º 1/2015, de 16 de Janeiro.

Visão : Formular políticas para o desenvolvimento integrado, articulado e qualitativo da Ciência e Tecnologia, dos Ensinos Superior e Técnico-Profissional, com vista à indução do crescimento e desenvolvimento socioeconómico de Moçambique.

Missão: Promover a oferta de soluções científicas e tecnológicas aos cidadãos nas áreas estratégicas de desenvolvimento definidas nos programas do Governo de Moçambique, aliado à promoção do acesso, expansão e garantia de qualidade de ensino nos níveis de Ensino Técnico-Profissional e Superior em Moçambique.