Vice-Ministra da Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Técnico Profissional dirige Cerimónia de Abertura da “3a. Edição do Maputo Internet Fórum”.

A Vice-Ministra da Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Técnico Profissional, Leda Hugo, dirige na 5a. feira, dia 05 de Outubro em curso, pelas 08h30, no Indy Village Maputo, na cidade de Maputo, a “Cerimónia de Abertura da 3a. Edição do Maputo Internet Fórum”, um evento que tem como objectivo principal dinamizar o uso da Internet pelos diferentes actores sociais, como sejam, governantes, sociedade civil, sector privado, academia, por forma a influenciar na concepção das agendas política, social, económica e cultural do país.

Especificamente, o evento em alusão, pretende (i) criar uma plataforma de monitoria governativa através do aprimoramento do uso das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC), (ii) reflectir sobre os efeitos das TIC sobre a liberdade de expressão e, (iii) facilitar um mecanismo de diálogo entre a sociedade civil, o Governo e sector privado no que o uso das TIC diz respeito.

A “3a edição do Maputo Internet Fórum” é co-organizada entre a Embaixada da Suécia em Moçambique e parceiros da sociedade civil, contará com a participação de cerca de 100 pessoas e, exaltará, igualmente, o “Dia Internacional do Acesso Universal à Informação”, efeméride que foi celebrada a 28 de Setembro passado.

O “Dia Internacional do Acesso Universal à Informação” foi consagrado pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), visando promover a aquisição de informação pelo público e proteger as liberdades fundamentais, em conformidade com as legislações nacionais e os acordos internacionais, promovendo-se, por conseguinte, o desenvolvimento de sociedades do conhecimento inclusivas.

É de realçar, que a programação da 3a. Edição do Maputo Internet Fórum inclui painéis como 1) Transacções Electrónicas, 2) Inovação: Startups e TIC para melhoria de serviços em Instituições Públicas e, 3) Legislação: Política para a sociedade de informação, que medidas para evitar a Cibercrime? 

É de domínio público, que através da Internet as pessoas encurtam distâncias físicas, melhoram a troca de conhecimento em tempo real, promovem o funcionamento em rede de instituições, indivíduos e regiões geográficas, promovem a colaboração e partilha de conhecimento entre intervenientes, introduzem novos canais para a prestação de serviços, promovem economias de escala e réplicas de soluções desenvolvidas, promovem a transparência e a abertura e, promovem a comunicação aberta e multidireccional.

Sobre Nós

Natureza: O Ministério da Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Técnico-Profissional (MCTESTP) é o órgão central do Aparelho do Estado que, de acordo com os princípios, objectivos, políticas e planos definidos pelo governo, dirige, planifica e coordena as actividades no âmbito da Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Técnico-Profissional. Foi criado pelo Decreto Presidencial n.º 1/2015, de 16 de Janeiro.

Visão : Formular políticas para o desenvolvimento integrado, articulado e qualitativo da Ciência e Tecnologia, dos Ensinos Superior e Técnico-Profissional, com vista à indução do crescimento e desenvolvimento socioeconómico de Moçambique.

Missão: Promover a oferta de soluções científicas e tecnológicas aos cidadãos nas áreas estratégicas de desenvolvimento definidas nos programas do Governo de Moçambique, aliado à promoção do acesso, expansão e garantia de qualidade de ensino nos níveis de Ensino Técnico-Profissional e Superior em Moçambique.