Bolseiro moçambicanos partem para prosseguir estudos na Russia

Data: 27/09/2018
 
Design sem nome

O Instituto de Bolsas de Estudo (IBE), instituição tutelada pelo Ministro da Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Técnico Profissional, Jorge Nhambiu, orientou segunda- feria dia 24 de Setembro último, em Maputo, a cerimónia de despedida dos 30 bolseiros que irão frequentar o cursos de licenciatura em diversas Instituições de Ensino Superior, na República Federal da Rússia.

As bolsas inserem-se no âmbito da cooperação bilateral existente entre a República de Moçambique e a Federação Russa, sendo os mesmos irão frequentar os cursos de Medicina, Veterinária, Engenharia de Petróleo e Gás, de Minas, Mecânica, Eléctrica, Civil, Agronómica, arquitetura, turismo e economia.

A cerimónia, que foi orientado pelo Director Geral Adjunto do IBE, Miguel Inácio, reuniu os bolseiros, pais e encarregados de educação, com o objectivo de tecer informações gerais sobre a postura e as condições dos bolseiros.

Na ocasião, Miguel Inácio recordou que o Programa Quinquenal do Governo 2015-2019 (PQG 2015-2019) tem como enfoque central o aumento do emprego, da produtividade e competitividade para a melhoria das condições de vida dos moçambicanos, no campo e na cidade, em ambiente de paz, harmonia e tranquilidade, consolidando a democracia e a governação participativa e inclusiva.

Segundo Miguel Inácio, a formação do capital humano constitui aposta do governo, por forma a responder satisfatoriamente aos desafios de desenvolvimento nacional e a demanda do sector produtivo, contribuindo, por conseguinte, para a criação da riqueza nacional e promoção do bem-estar social.

“Gostaríamos de fazer uso do momento para exortar a todos os bolseiros a empenharem-se nos seus estudos e isentarem - se de actos desviantes”, disse Miguel Inácio.

Importa referir que recentemente partiram para República Popular da China, um total de 65 estudantes moçambicanos, os quais irão frequentar os cursos de Licenciatura e mestrado em diversas universidades.  

Constitui missão do IBE, assegurar a atribuição, coordenação e gestão integrada de bolsas de estudo para a formação académicas, dentro e fora do país, observando as politicas e as áreas prioritárias definidas pelo governo para o desenvolvimento do país.