MCTESTP recebe máscaras de protecção a COVID-19

Data: 20/05/2020
MCTESTP recebe máscaras de protecção a COVID-19

O Ministério da Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Técnico Profissional (MCTESTP), recebeu recentemente, em Maputo, de pouco mais de 2000 máscaras de protecção facial e 3 aparelhos portáteis de medição de temperatura corporal, oferecidas pela empresa Julen Construções Limitada, de uma iniciática que vem apoiar os esforços do Governo no combate contra a pandemia do novo coronavírus (COVID-19).

Intervindo durante o acto, a Secretária Permanente (SP) do MCTESTP, Nilsa Miquidade, enalteceu o gesto da empresa Julen Construções Limitada associa-se a este crescente e louvável movimento de solidariedade em prol da protecção do próximo.

Segundo Nilsa Miquidade, o uso das máscaras no nosso país constitui uma das medidas estratégicas definidas pelo Governo para o combate contra a propagação do COVID-19, por isso faz parte das medidas obrigatórias que devem ser observadas pelos cidadãos em locais públicos, contudo, apesar de ser um elemento de protecção importante, existem muitos dos nossos concidadãos que não têm condições de adquiri-las para a sua protecção individual e colectiva, o que os torna potencialmente vulneráveis à contaminação.

“É neste contexto que para mitigar o problema da falta de capacidade de aquisição de máscaras por parte de alguns dos nossos concidadãos, instituições do Governo, empresas públicas e privadas, organizações da sociedade civil e indivíduos singulares, têm-se se envolvido em campanhas de produção e/ou angariação de máscaras faciais para posterior disponibilização à grupos-alvos previamente seleccionados”, disse a dirigente.

Na ocasião, a SP do MCTESTP, referiu que as máscaras e os aparelhos de medição de temperatura serão encaminhadas ao Ministério da Saúde, para fazerem parte da contribuição para a campanha 40 mil máscaras para Cabo Delegado.   

Num outro desenvolvimento, Nilsa Miquidade reconheceu o esforço que a Julen Construções Limitada tem estado a envidar na construção do Instituto Superior Politécnico de Mecubúri, na província de Nampula, apesar das adversidades criadas pela COVID-19.

“Assim, apelamos a Julen Construções Limitada à promover o cumprimento por todos os trabalhadores e gestores da obra de construção do instituto Superior Politécnico de Mecubúri, das medidas de combate a propagação da COVID-19, designadamente, lavagem das mãos com água e sabão ou cinza, o uso de álcool em gel, desinfecção dos locais de trabalho, uso de máscaras de protecção facial, o distanciamento de pelo menos 1,5 metros na obra, a implementação do sistema de rotatividade dos trabalhadores e, incentivar que todos os trabalhadores dispensados fiquem em casa” sublinhou.

Por sua vez, o Administrador da Julen Construções Limitada, Ding Jihua, agradeceu a oportunidade concedida pelo MCTESTP em apoiar os esforços do Governo de combate ao COVID-19, tendo igualmente reafirmado o compromisso em continuar a apoia iniciativas do Governo que concorrem para o bem-estar da população.