Participantes da UniVerão instados a contribuir para o desenvolvimento de Moçambique

Data: 13/02/2020
 
Brown Pitch Deck Presentation

O Ministro da Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Técnico Profissional, Gabriel Salimo, exorta os participem da 3a. Edição do Programa “Universidade de Verão de Moçambique” (UniVerão), a potenciar o evento, por forma a desenvolver capacidades pessoais, técnicas e de liderança, que lhes permitam dar contributo ao crescimento e desenvolvimento socioeconómico sustentável do país.

A intenção foi manifestada no decurso da 3a. Edição do Programa “UniVerão, realizada recentemente em Maputo.

No decurso do evento, foram realizadas palestras temáticas em plenária e oficinas teórico-práticas nas áreas de Economia, Direito, Turismo, Recursos Minerais e Energia, Administração Pública, Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC), Desenvolvimento Sustentável e Agricultura.

Na ocasião, Gabriel Salimo vangloriou o Programa UniVerão, iniciativa da Universidade Nanchingwea (UNA), pelo facto de constituir um programa de estudos intensivos multidisciplinares inclusivo, que abarca estudantes universitários de diversas Instituições de Ensino Superior (IES) e jovens profissionais moçambicanos.

“É neste contexto que o Governo incentiva a UNA à continuar a investir em eventos do género, aliado as tradicionais actividades de Ensino, Investigação e Extensão Universitária, por forma a contribuir na operacionalização da Lei do Ensino Superior, do Plano Estratégico do Ensino Superior 2012-2020 e na implementação do programa Quinquenal do Governo 2020-2024”, afirmou o dirigente.

Importa frisar que desde a primeira edição do Programa “Universidade de Verão de Moçambique” no ano de 2018, passando pela segunda edição no ano de 2019 e, a realização da presente Edição em 2020, o MCTESTP sempre acarinhou e, fez o devido acompanhamento ao desenrolar e evolução desta iniciativa que concorre para a preparação e desenvolvimento em habilidades dos futuros gestores e líderes de Moçambique, por meio do ensino e interacção entre a comunidade de estudantes universitários e jovens profissionais e, o mundo empresarial.

Por sua vez, o Reitor da UNA, Luís Covane, referiu que o evento visa preparar e desenvolver os futuros gestores e líderes de Moçambique através do ensino e interacção entre a comunidade de estudantes.

“A nossa intenção é contribuir para o desenvolvimento de conhecimentos e práticas de liderança e gestão dos jovens para que tenham um impacto positivo nas organizações e na sociedade, num mundo globalizado”, disse Covane.