Últimas notícias

CITT promove acesso a água potável no distrito de Molumbo, província da Zambézia

Data: 30/07/2020
CITT promove acesso a água potável no distrito de Molumbo, província da Zambézia

O Centro de Investigação e Transferência de Tecnologias para o Desenvolvimento Comunitário (CITT), uma instituição tutelada pelo Ministro que superintende a área da Ciência e Tecnologia, facilita o acesso a água potável 15.500 habitantes do no distrito de Molumbo, na província da Zambézia, com a instalação de cinco fontenários nos povoados de Mongessa, Nengreia, Macuva, Muguluia e Namalumbe. 

Esta acção enquadra-se na implementação do Projecto Vila Sustentável de Molumbo (PVSM), uma iniciativa do Governo de Moçambique através do Ministério da Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Técnico Profissional (MCTESTP) e conta com o financiamento do Banco Islâmico de Desenvolvimento (BID), do Fundo de Solidariedade Islâmica para o Desenvolvimento (FSID) e do governo moçambicano.

O PVSM, que é uma iniciativa de desenvolvimento comunitário integrado, abrangendo as áreas de agricultura, saúde, educação, água e saneamento, género e HIV. O mesmo é implementado desde 2014 e desde então, têm sido desenvolvidas acções de transferência de tecnologias e conhecimento, visando o melhoramento da qualidade de vida pelas comunidades. Prevê-se que este projecto alcance mais de 62 mil pessoas em 20 povoados do distrito de Molumbo, até ao fim do quinquénio em curso.

Dados de acesso à água pelas comunidades abrangidas por este projecto, indicam que os habitantes chegavam a percorrer diariamente cerca de seis quilómetros para aceder a água imprópria para o consumo humano. Com a colocação destes fontenários, as comunidades mostram-se satisfeitas, tal como deixa expresso Martinho António, que diz estar feliz pelo facto de passar a ter água próximo à sua casa e reduzir as longas distâncias que percorria por dia. “ Hoje a vida mudou na comunidade com a entrega dos fontenários” disse.

Joana Carlo, também beneficiária da iniciativa, revela que antes da entrada do projecto, em Molumbo, a comunidade tinha de ir ao rio para lavar a roupa e carregar água para o consumo. “ Hoje estou satisfeita porque as crianças já podem tomar banho e beber água a vontade. Ter água potável aqui perto para nós é um grande ganho, é uma conquista” referiu.

O projecto prevê ainda construir seis fontenários em outros povoados com difícil acesso a água potável. Os fontenários construídos são geridos pelo Comité de Gestão de Água, uma junta criada pela comunidade no âmbito da implementação do PVSM.

O distrito de Molumbo situa-se a nordeste da província da Zambézia e conta com cerca de 300 mil habitantes, sendo que a maioria se dedica à prática da agricultura e ao comércio transfronteiriço com o vizinho Malawi.

Recordar que o CITT foi criado a partir do decreto 36/2010 de 1 de dezembro com atribuições e garantir em coordenação com as comunidades o desenvolvimento de actividades de investigação científica para beneficio local; garantir o desenvolvimento tecnológico, transferências de conhecimentos, culturas locais e tecnologias gerados pelo CITT e outros sectores para a comunidade local, entre outros.